sábado, 31 de dezembro de 2016

Fechamento Dezembro 2016 | R$ 17.231.35 (+0.89%)

Olá amigos!

Último dia do ano, todo mundo se preparando para as festas da virada. Independente das crenças pessoais de cada um, esse período é sempre permeado de um espírito de renovação e metas para o próximo ano, alguns até fazem listas e comparam com as do ano que passou. Por mais desligada que a pessoa seja, acredito que todo mundo, em maior ou menor grau, faz um balanço geral do ano que passou em suas esferas de importância (família, relacionamento, corpo, financeiro, profissional, etc). Não poderia deixar de ser diferente aqui, embora eu não seja do tipo que faz listas.

No geral, foi um ano tranquilo e favorável.

2016 foi um ano muito bom pra mim. Olhando em retrospecto, eu comecei o ano num emprego de merda, infeliz, sem perspectivas, emocionalmente abalado por conta dos problemas familiares e com as sucessivas reprovações em concursos públicos. Eu estava, por assim dizer, desesperançoso. Mas, como a vida é feita de altos e baixos, acabei por conhecer os blogs de finanças e, sabe-se lá o porquê, isso acabou por me motivar.

Consegui um emprego novo, igualmente desgastante em termos de trabalho a fazer, porém sem pressões e competitividade do anterior. De quebra, ainda ganho umas migalhas a mais. Como nada é perfeito, é mais longe de casa e possui horário muito rígido, de modo que acabo perdendo muito tempo no trânsito. No frigir dos ovos, acho que foi uma boa mudança.

Do lado pessoal a vida não mudou muito, apenas o reflexo da diminuição do stress do trabalho, o que já é muito muito bom.

Quanto às finanças, não poderia ter sido melhor. Digo, sempre pode ser melhor, mas levando em conta que eu passei anos vivendo do salário do mês, ter hoje investido 6 meses de salário é uma sensação muito reconfortante, muito embora, no geral, eu ainda seja um pobre fudido de merda.

Enfim, vamos ao fechamento.


Desempenho financeiro


É inevitável na vida dos ignorantes financeiros: assim que se passa a ganhar mais, por mais mixaria que seja, o indivíduo acha que pode sair por aí gastando. Eu, como sou um ignorante financeiro, não fugi à essa regra, como vocês podem notar na planilha das despesas.

Despesas mensais:


Cidadão passa a ganhar mil reais a mais e torra tudo em coisas mundanas. Note o aumento abusivo no quesito lazer... é aquela sensação de "eu mereço" somada à fraqueza emocional-financeira. Acabou que, impulsionado pelo bom fim de ano que eu tive, me dei a alguns luxos. Nada demais, jogos novos de ps4, uma mini viagem de final de semana e um jantar bom num restaurante bom. Ganhando mais, a família também tirou proveito e tive que pagar o condomínio. As despesas pessoais foram roupas novas e a categoria outros, me julguem agora, foram bilhetes da mega-sena da virada (R$ 130) e coisas que não se encaixam em nenhuma outra categoria.

Patrimônio atualizado:


O aumento de 0.89% se deu porque tudo que eu tenho está em tesouro selic e esse foi o rendimento do mês. Estou sem aportar há dois meses devido à falta de tempo mesmo. Sempre que ouço isso ("estou sem tempo"), lembro daquela frase bonita que diz que todo mundo faz tempo quando há interesse. Até gente casada com filhos arruma tempo tempo pra trair...

É importante lembrar que estou com uma boa quantia de dinheiro parada na conta corrente (FGTS + rescisão), pois estou estudando FIIs. Muita, mas muita, mas muita gente falando que é um péssimo momento pra entrar nessa modalidade. Eu, um ignorante financeiro, tendo a fazer uma média ponderada das opiniões e coisas que leio pra tomar minhas decisões, então estou em hold. Segurei muito pra não investir no tesouro ipca que esse mês chegou a pagar mais de 6%, mas investir em algo que eu não posso retirar ainda me dá certo medo. (Sim, eu sei que posso retirar antes, mas depende da marcação de mercado etc etc, e não quero especular com tesouro direto: se eu investir em IPCA 2019, 2024, ou 2035, eu só vou retirar no vencimento e pronto).

Os planos atuais são: fazer uma reserva de emergência no TD Selic de 20 mil reais e, a partir daí, analisar investimentos que gerem renda passiva real, que no momento são os FIIs.


Desempenho pessoal


2016 foi um ano ruim nesse quesito. Eu sou um ser humaninho chato e difícil de lidar, então não me espanta que nenhuma ser humana tenha me querido. Por outro lado, eu também não procurei. O inferno na terra pra mim são baladas e festas, então obviamente eu não vou. Não sou adepto da vida putanística, então o saldo é evidentemente péssimo né... Pior: realmente não sei como melhorar. O bom de ser chato é que a gente se dá muito bem sozinho, mas humano que sou as vezes faz falta alguém. Minha estratégia: vou fazer alguns cursos que já pretendia fazer pra melhorar a vida e torcer pra encontrar alguém bacana.

Meu corpo também já começa a mostrar os sinais da idade. Nunca, nunca ele esteve tão zuado e essa é com certeza uma das prioridades para os próximos meses. Outra prioridade é sair da casa dos pais.

Outra coisa que me preocupa: faz dois meses que não leio os posts dos amigos da blogosfera. Pode parecer besteira, mas dá um certo desconforto e peso na consciência. Isso com certeza será resolvido na primeira semana do ano vindouro. Desculpem-me, amigos!

Ah, também está nos planos para essa primeira semana atualizar minha planilha de acompanhamento. Hoje ela é feita no excel, toda bagunçada e feia. Em tempos de nuvem, não faz sentido isso. Quero fazer uma mais completa (já que pretendo começar a diversificar), com gráficos bonitinhos, essas coisas. E tem que ser no Google Docs, pra poder ver e atualizar de qualquer computador ou celular. E, de preferência, que em uma tela só eu consiga ver todos os dados principais pra poder tirar um print só e postar aqui. Vamos ver se eu consigo!

É isso galera, obrigado a você que leu tudo e um ótimo 2017 pra todo mundo!

15 comentários:

  1. Parabéns PZ! O caminho é esse mesmo! Começamos devagarinho, com pouco tempo e dinheiro, mas com uma grande vontade de aprender e crescer.

    Forte abraço e boa sorte no novo ano que se inicia!

    ResponderExcluir
  2. Grande PZ.

    Esse lance de ganhar mais e gastar mais, temos que politiza, mas temos que manter o equilíbrio, igual vejo em alguns blogs por ae, que são adeptos ao modo zumbi, acho que não precisa de exagero, pois a saúde mental da pessoa é muito importante.

    Enfim, o negócio é sempre aumentar o patrimônio, nem que seja pouquinho.

    Abraços e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, também sou adepto desse modo equilibrado entre privações x aportes. A vida não é só aporte, mas é importante aportar.

      Abraço meu caro!

      Excluir
  3. Apesar dos pesares zen 2016 lhe foi um ano até razoável.

    Siga firme na luta e nos vemos em 2017!

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estaremos juntos em 2017 Mestre! Abraço!!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Obrigado Doutor Honorários, igualmente pra vc!!

      Excluir
  5. É isso ae PZ, aos poucos estão andando...

    Eu já aportei mais forte em FII, agora estou basicamente reinvestindo aluguéis. Se olhar bem, ainda existem boas oportunidades de vacância, principalmente laje e galpão..

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá uma saga essa minha com FIIs Japa... mas vamos ver o que vai dar!

      Abraços!

      Excluir
  6. Opa!

    Estou passando aqui para informar que a Linha de Tempo da Finansfera já está no ar. Seu blog foi incluído. Se detectar algum erro de link me fale.

    Compartilhe esta ideia mas suas redes sociais para incentivarmos novos blogueiros.

    http://abacusliquid.com/blogosfera/finansfera-timeline/

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo patrimônio PZ, que 2017 seja ainda melhor!
    E vamos melhorar a parte social ae, kkk
    abraço

    ResponderExcluir